Embaixada da Alemanha explica sobre as eleições no país

Quem se tornará chanceler depois de Angela Merkel? A votação para constituir o 20º Bundestag (Parlamento alemão) acontecerá no dia 26 de setembro. Será esse Parlamento quem decidirá sobre a sucessão de Merkel.

O sistema eleitoral para o Bundestag é o da votação proporcional personalizada. Todo eleitor faz duas escolhas na cédula eleitoral: com o voto direto (primeiro voto), ele decide qual político do seu distrito eleitoral deve ser deputado no Parlamento. Através desses mandatos diretos é preenchida a metade dos mandatos; os demais são preenchidos através das listas estaduais dos partidos políticos. Eles apresentam candidatos ao Parlamento em cada Estado. O voto de legenda (segundo voto) é dado pelo eleitor ao partido de sua preferência.

Somente os partidos que somam em todo o país o mínimo de cinco por cento de todos os votos de legenda (segundo voto) é que podem ter representação no Bundestag. Atualmente, o Parlamento alemão possui 709 deputados.

Na Alemanha, o voto é facultativo e não há título eleitoral. Algumas semanas antes do dia da votação – que acontece em um domingo ou feriado –, os eleitores recebem pelo correio as instruções sobre seu local de votação. Na Alemanha também se pode votar pelo correio. Esse direito é muito usado por quem mora no exterior, quem estará viajando na data da eleição ou mesmo por pessoas doentes.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.