Em intercâmbio no Brasil, militares estrangeiros fazem curso de Estado-Maior oferecido pelo Reino Unido

Em intercâmbio no Brasil, militares estrangeiros fazem curso de Estado-Maior oferecido pelo Reino Unido

 

Uma delegação de 26 militares estrangeiros  Concluiram em Brasília  as atividades do Curso Avançado de Comando e Estado-Maior do Reino Unido (ACSC). Equivalente a um mestrado na área militar, o curso é oferecido pelo Comando Conjunto das Forças Armadas do Reino Unido. Os estudantes são militares da ativa, com patentes de Major a Coronel, e equivalentes de outras forças. A visita ao Brasil é parte do módulo “Operações e Engajamentos de Defesa”. Os participantes vão conhecer a realidade do Brasil, a situação política e de segurança do país e também seus aspectos econômicos, culturais, históricos e das perspectivas de política de defesa. O objetivo é produzir um estudo de caso que exercite a capacidade analítica e de planejamento dos estudantes.

 O curso tem duração completa de 38 semanas no Reino Unido. A programação oficial do curso no Brasil ocorre  no final de maio e sua agenda inclui atividades com participação dos ministérios da Defesa e das Relações Exteriores, além de atividades junto às Forças Armadas do Brasil e à Representação Diplomática Britânica. Hojea, os participantes vão ao Rio de Janeiro para atividades entre os dias 29 e 30 de maio. O grupo, liderado pela Capitão de Mar e Guerra Karen McTear, inclui profissionais de 11 países: Alemanha, Austrália, Botswana, Canadá. Dinamarca, Emirados Árabes, Kuwait, Nigéria, Omã, Ucrânia e Uganda.

 

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.