Bolsas de mestrado para professores de inglês na Inglaterra

Estão abertas as inscrições para as bolsas para mestrado para professores de inglês na Inglaterra, A.S.Hornby Educational Trust scholarship, na Universidade de Warwick. A bolsa seleciona anualmente de 6 a 10 professores de inglês do mundo inteiro para cursar o mestrado de English Language Teaching com tudo pago. As inscrições vão até 16 de fevereiro e podem ser feitas online.

Como se candidatar ao mestrado para professores

É necessário ter dois anos de experiência com ensino de inglês, nota mínima de 6,5 no IELTS e demonstrar capacidade para colaborar com a melhoria do ensino de inglês no Brasil. O mestrado tem duração de um ano, e todos os custos do estudante são cobertos pela bolsa, cujo apoio financeiro inclui anuidade do curso, passagens, visto e uma quantia mensal para manutenção no país.

Leia mais: Tudo que você precisa saber sobre pós-graduação em educação no exterior!

A primeira etapa do processo seletivo é o preenchimento de um formulário online – que compreende perguntas sobre a experiência do candidato com ensino de inglês e ideias sobre seu projeto de mestrado, além da indicação de duas pessoas que possam escrever cartas de referência profissional. O British Council entrará em contato com essas pessoas para solicitar que elas escrevam as referências diretamente no formulário.

Os aprovados serão entrevistados, presencialmente ou por telefone, e convidados a se candidatarem a uma vaga no programa de mestrado – cuja inscrição também é feita online. A etapa final é a apresentação da carta de aceite da universidade. O mestrado para professores tem início em outubro de 2018 e duração de um ano.

Confira o Edital e a matéria completa no site www.estudarfora.org.br

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.