Barco naufraga na Hungria e turistas Sul Coreanos estão desaparecidos

Pelo menos sete pessoas morreram e 19 estão desaparecidas depois que o barco de passageiros Sereia, que transportava turistas sul-coreanos, virou no rio Danúbio, em Budaspeste,  capital da Hungria, na quarta-feira, disseram a polícia e o serviço de ambulâncias.

Naufrágio, Danúbio, Hungria
Grande esforço de resgate foi realizado com barcos, mergulhadores, holofotes e varreduras de radar vários quilômetros rio abaixo – REUTERS/Bernadett Szabo/Direitos Reservados

 

O barco virou ao ser atingido por outra embarcação turística perto do edifício do Parlamento húngaro. Houve fortes correntes no rio em razão de uma tempestade no local.

Mihaly Toth, um porta-voz do dono do barco, informou à TV estatal húngara que o barco havia afundado.

Um grande esforço de resgate foi realizado com barcos, mergulhadores, holofotes e varreduras de radar vários quilômetros rio abaixo.

A polícia informou que o barco transportava 33 turistas sul-coreanos e mais dois tripulantes.

Um porta-voz do serviço de ambulâncias disse à TV estatal que 14 pessoas haviam sido retiradas da água até aquele momento. Além das 7 pessoas que morreram, outras sete sofriam hipotermia, mas estavam estáveis. Não ficou claro quantas pessoas no total foram resgatadas com vida.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.