Azerbaijão participou do Fórum Mundial da Àgua em Brasília

O tema água e gênero compôs o quadro de programações do 8º Fórum Mundial da Água.   No auditório Arena da Vila Cidadã, foi realizado um debate sobre o papel da mulher na participação da gestão de políticas públicas que tratam do uso dos recursos hídricos. A importância delas na preservação, coleta e uso da água foi discutida por quatro especialistas no tema: a bióloga holandesa, Alice Bouman; a socióloga Rosana Garjulli; a professora da UnB, Daniela Nogueira; e a ativista do Azerbaijão, Lavrina Anastasia.

Daniele Nogueira começou o debate apontando o princípio número 3 da Declaração de Dublin, que ressalta a importância das mulheres na participação, administração e proteção da água. Ela lamentou que a Política Nacional de Recursos Hídricos do País não tenha reconhecido ainda esse fundamento. Levantou a polêmica de que a inserção das mulheres nesse cenário não é uma questão de atender ao quesito politicamente correto, mas sim a uma necessidade de garantir a efetividade na gestão.

, Lavrina Anastasia, integrante do Internation Eurasia Press Fund, compartilhou com todos a vulnerabilidade em que vivem as mulheres de seu país, Azerbaijão, sobretudo aquelas que habitam em áreas de conflito. Muitas sofrem com a falta de água nesses locais e são geralmente as responsáveis por buscarem o recurso, junto com as crianças. Ela fez um apelo para que essas vozes femininas e vulneráveis sejam ouvidas e que fiquem unidas em prol dessa causa.

Texto: Site da ANA( Agência Nacional de àguas)

O Azerbaijão participou também de outras sessões colaborando com conhecimentos , abaixo seguem as sessões e os participantes da delegação.

 

Umud Mirzayev:

–          coordinator of the session №5 at the ordinary sessions of citizen forum titled “Liability, Justice and Compensation for Environmental Crimes and Rights Violation”.

–          speaker at the Hydro Cafe session titled “Refugees voice; Refugees from political, environmental, economic risks.

Anastasiya Lavrina:

–          speaker at session 5 titled as “Liability, Justice and Compensation for Environmental Crimes and Rights Violation”

–        serve as a representative of citizens at the thematic process at the session 2. a. 3 titled “The Invisible Realities; Safe Water in Slums, post-conflict and post-Disaster Situations, and other Communities”.

Informações: Embaixada do Azerbaijão no Brasil

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.