Astronautas chineses concluem as primeiras atividades extraveiculares para construção da estação espacial

Astronautas chineses concluíram as atividades extraveiculares e retornaram ao módulo central da estação espacial Tianhe, de acordo com a Agência Espacial Tripulada da China (CMSA, em inglês) no domingo.

As primeiras atividades extraveiculares durante a construção da estação espacial do país foram um sucesso total, declarou a entidade.

A tripulação da espaçonave Shenzhou-12, após aproximadamente 7 horas de atividades extraveiculares, concluiu todas as tarefas programadas, e os astronautas Liu Boming e Tang Hongbo retornaram ao módulo central da estação espacial às 14h57 (horário de Beijing), de acordo com a CMSA.

O astronauta Nie Haisheng tem permanecido dentro da Tianhe em cooperação com Liu e Tang para seus atividades extraveiculares.

Esta foi a segunda vez que astronautas chineses realizaram atividades extraveiculares após a missão Shenzhou-7 em 2008.

As tarefas programadas de atividades extraveiculares, incluindo instalação de equipamentos e levantamento de câmera panorâmica, foram realizadas com estreita coordenação entre o espaço e o solo, bem como entre os astronautas dentro e fora da espaçonave.

As atividades extraveiculares testaram o desempenho e a função das unidades de mobilidade extraveicular de nova geração fabricadas pela China e a coordenação entre os astronautas e o braço mecânico, bem como a confiabilidade e segurança do equipamento de suporte relacionado às atividades extraveiculares.

Isso estabeleceu uma base importante para as atividades extraveiculares subsequentes para a construção da estação espacial, disse a CMSA.

Os três astronautas a bordo da espaçonave Shenzhou-12 foram enviados ao espaço e entraram na Tianhe em 17 de junho e desde então realizaram uma série de tarefas conforme planejado.

Atualmente, eles estão com boa saúde e farão atividades extraveiculares por uma segunda vez durante sua permanência em órbita, informou a entidade.

Fonte: Xinhua

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.