Adidância militar da Embaixada da Turquia celebra o “Dia da Vitória”

A embaixada da Turquia em Brasília celebrou, nessa quarta (30) o “Dia da Vitória”, uma importante data militar para o país.

O embaixador Halil Ibrahim Akca e o adido militar turco foram os anfitriões da recepção que celebrou a vitória histórica do seu país em 30 de agosto de 1922.

O evento contou com a presença de diplomatas e adidos de vários países, além de autoridades e convidados. Em seu discurso, o embaixador Akca ressaltou que a Turquia é um país extremamente forte e, ao longo de sua história, venceram invasões, tentativas de golpe, e permanecem muito importante na geopolítica mundial.

Na ocasião, foi transmitida a mensagem do presidente Recep Tayyp Erdogan. “Com esta vitória, monumento imortal da ideia de liberdade e independência da nação turca, nossa nação declarou ao mundo inteiro que não deixaria a sua vontade ser subjugada e a sua independência e futuro comprometidos. O amor à liberdade, que é a característica mais marcante da nossa nação, ainda existe hoje com muita força. Comemoro mais uma vez com gratidão a Ghazi Mustafa Kemal, o fundador da República da Turquia e Comandante-em-Chefe da Grande Ofensiva, e seus camaradas de armas. Desejo a misericórdia de Allah sobre todos os nossos mártires e ghazis. Feliz 30 de agosto, Dia da Vitória!”

O fato histórico

A invasão da Anatólia pelo exército grego, aconteceu após a derrota do Império Otomano e da ocupação do país por forças estrangeiras, no final da I Guerra Mundial. Esta situação deu origem a uma luta pela libertação que se prolongou ao longo de vários anos.

A última etapa da Guerra de Independência foi a Batalha de Dumplupinar, da qual os turcos emergiram triunfalmente em 30 de agosto de 1922. Esta vitória culminou na fundação da República da Turquia independente.

 

Compartilhe
Fabiana Ceyhan

Fabiana Ceyhan

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.