A Rússia entra em acordo com o Brasil para fornecer 10 milhões de doses da vacina Sputnik V no primeiro trimestre

O Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) e a farmacêutica brasileira União Química concordaram em fornecer 10 milhões de doses da vacina russa Sputnik V ao Brasil no primeiro trimestre de 2021, disseram os desenvolvedores da vacina na quarta-feira.

A RDIF e a União Química vão pedir uma autorização de uso emergencial para o Sputnik V no Brasil nesta semana, disseram os desenvolvedores da vacina, que é apoiada pela RDIF. As primeiras entregas começarão em janeiro.

Jornalista por formação, Professora de Inglês (TEFL, Teaching English as a Foreigner Language). Estudou Media Studies na Goldsmiths University Of London e tem vasta experiência como Jornalista da área internacional, tradutora e professora de Inglês. Poliglota, já acompanhou a visita de vários presidentes estrangeiros ao Brasil. Morou e trabalhou 15 anos fora do país.